autoestima_300418

E Você, com Você, Como vai?

Como você se trata quando trata de você?
Autoestima pode não ser tudo na vida, porém sem ela, nós não chegamos a lugar nenhum.
Você acredita que seu relacionamento com você mesmo pode mudar e para melhor? Como sei disso?
Dizem que a gente ensina aquilo que a gente tem sede de aprender…

Há alguns anos eu estou nessa busca de mim mesma e confesso que fiquei um tempo perdida, sem saber quem eu era e como poderia me posicionar diante das coisas…

E aprendi a me acolher, a me buscar a estar do meu lado independente da situação. Construí uma forte e verdadeira amizade comigo mesma… chamo isso de auto-respeito, de maturidade!

A partir daí, pude ser útil para um grande número de pessoas através de programas que criei pra oferecer um espaço seguro de autodesenvolvimento. Aprender a olhar para si, investir nessa relação de forma sincera e íntegra é a forma de contribuir para a construção de um mundo melhor. Eu não posso mudar os ambientes, não posso mudar os outros. Eu só posso mudar a mim mesma.

Já encontrei pessoas que estavam desconectadas de si mesmas, entristecidas e frágeis experimentando um grande vazio existencial ..Utilizando algumas ferramentas aprendidas pude contribuir para o despertar de consciência delas! E quando a gente pode ser útil, o sentimento é de pura gratidão.

Aprender a ter uma autoestima saudável e com isso, oferecer uma versão melhor de você para o outro, para o ambiente e principalmente para você mesmo, é o caminho.

Eu encontro muitas pessoas que reclamam por não ter uma relação saudável com o cônjuge ou com o colega de trabalho, o filho, o vizinho. E sempre quando eu pergunto: Como está sua relação com você mesma? A resposta é sempre a mesma: Já tem um tempo que esqueci de mim, tenho me deixado pra depois. Parei de me priorizar e de cuidar de mim…. E nessa reflexão, de repente, a pessoa percebe que o que ela está vivendo lá fora é o reflexo da forma que ela se trata. A verdade é que eu não posso amar e respeitar o outro se eu não aprendi a fazer isso comigo mesma.

Seja você uma pessoa confiável para você! Confie na sua competência e merecimento!
Aprenda a se aceitar, a se amar ,a se aplaudir, a se parabenizar!
Saiba que você, assim como eu, erra e errar é humano.
Precisamos aprender nos acolher e nos amar, nos momentos em que não agimos como gostaríamos de ter agido. A autopunição não contribui para o nosso crescimento.

Você é maior que seus pensamentos, que seus comportamentos, que suas crenças….
Você é muito maior do que qualquer ideia que você tem de você!

Teremos mais um Workshop de Gestão de Emoções e Autoestima!
www.indesp.com.br

Com meu carinho de sempre!

Deixe um comentário